29 de novembro de 2015

Novidade!

Oi, leitores! Primeiramente queremos nos desculpar por ficar tanto tempo sem postar nada. Além da correria do fim de ano, o computador resolveu dar problema. E fazer uma postagem bonitinha pelo celular é bem difícil. Enfim, a novidade é que a partir de hoje temos dias específicos para postagens, que são:  domingo, terça e sexta. 
Ah, temos uma surpresa para o aniversário de 5 meses do blog. Quem nos segue no Instagram já tem uma ideia do que vai ser *-*
É isso. Prometemos um post bem legal na terça. 



Beijos!

19 de novembro de 2015

Lista de desejos: livros para ler em 2016

Oi, pessoal! Estou num grupo de interação do Facebook chamado Blogs Up, e nele um dos temas da blogagem coletiva de novembro é esse de hoje: livros para ler em 2016. Como é um assunto que amo, resolvi fazer, e mostrar pra vocês um pouquinho dos meus desejos pra ganhar um de presente, quem sabe?.
Coloquei só 15, apesar de a minha lista ser bem maior que isso. Um dos motivos é que vários (inclusive alguns dessa lista) vou tentar ler esse ano. Mas, de 2016 não passa!

(Todas as fotos foram retiradas do Skoob, e as colagens feitas por mim.)


1. Destino - Ally Condie
Quero muito ler esse livro. Confesso que me interessei mais por causa da capa, inicialmente. Mas aí também achei a história bem interessante e, é claro, entrou para minha lista. Para ler a sinopse, clique aqui.

2. Glass Sword (A espada de vidro) - Victoria Aveyard
Não tem nem o que falar desse livro, né? Depois do fim inacreditável do primeiro livro, é claro que esse está na minha lista. Sinopse aqui. Caso não conheça o primeiro, tem um "Vale a pena ler" sobre ele aqui.

3. Starters - Lissa Price 
Achei um pouco doentio. Tanto a capa quanto a história. Adorei. Sinopse aqui.

4. Legend - Marie Lu
Essa capa é maravilhosa. A história também. Só vejo gente falando bem da trilogia, preciso ler! Atualização: Lido! E ainda tem resenha aqui no blog.

5. Maze Runner - Correr ou morrer - James Dashner.
Depois de eu praticamente não respirar vendo o filme, é claro que preciso desse livro. Atualização: Lido! E também tem resenha: clique aqui..



6. Estilhaça-me - Tahereh Mafi
Vi muita gente falando desse livro. Depois de ler a sinopse (essa aqui), fiquei muito curiosa. Me atraiu bastante.

7. Sonho Perigoso - Kami Garcia & Margaret Stohl
Quero muito ler esse livro. Primeiro porque o Link e a Ridley são ótimas pessoas (não no sentido de boazinhas, mas ok). Segundo porque, como a sinopse diz, é a ponte entre a saga Beautiful Creatures e a nova série Dangerous Creatures. Clique aqui para lê-la. Atualização: Lido!

8. Despedaçada - Teri Terry
O fim do Fragmentada foi incrível. Li que nesse livro todas as nossas dúvidas são esclarecidas. Quero muito! Sinopse aqui. Lembrando que é o terceiro livro, pode conter spoilers. Se quiser saber sobre o primeiro, falei sobre ele aqui.

9. Terras Metálicas - Renato C. Nonato
O autor me mandou a apresentação do seu livro pra mim no Skoob, e realmente me interessei. Acho difícil encontrar livros nacionais desse tipo, e quero muito ler. A sinopse é essa aqui. Atualização: Lido! Se quiser conferir a resenha, clique aqui.

10. Golfinhos e tubarões - O outro mundo - Tais Cortez
Do mesmo modo do livro anterior, a autora me mostrou suas duas obras no Skoob. A história que realmente gostei foi essa. Para ler a sinopse, clique aqui Atualização: Lido! Se quiser conferir a resenha, clique aqui.




11. A Joia - Amy Ewing
Apareceu para mim como relacionado ao livro A Rainha Vermelha no Skoob. Gostei muito da capa (me lembrou A Seleção!), e fui logo ler do que se tratava. Nunca vi resenhas sobre ele, mas me parece bem legal. A sinopse é essa.

12. O Teste - Joelle Charbonneau
É o meu tipo favorito de livro. Já vi várias opiniões positivas em relação a ele, não tinha como não estar na minha lista. Sinopse aqui. Atualização: Lido! E a Fer fez uma resenha super amor sobre ele aqui.

13. Fragmentados - Neal Shusterman
Já tinha visto a capa no Skoob, mas o que realmente me fez querer ler foi esse vídeo, do canal A Culpa é dos Livros. Que história incrível! Preciso muito dele. Atualização: Lido! E falei sobre ele aqui.

14. Sirena - Kami Garcia & Margaret Stohl
Mais um livro sobre a Ridley. Mas esse faz parte da nova série das autoras, que falei ali em cima. Deve ser ótimo, como todos os outros foram. A sinopse é essa. Atualização: Lido!

15. Endgame - A chave do céu - James Frey & Nils Johnson-Shelton
O primeiro volume é o Endgame - O chamado. É um livro incrível, ainda falarei sobre ele aqui no blog. Por isso, tô muito curiosa para saber o que vai acontecer com todos aqueles personagens. Com o mundo. Enfim, a sinopse é essa aqui.

É isso, pessoal. Minha "listinha" é essa. Vocês já leram ou querem ler algum desses?
Beijos e até mais! *-*

17 de novembro de 2015

TAG - Complete a Frase


Olá, pessoal! Achamos essa tag no blog Meninas de Vinte, e resolvemos respondê-la. Nela vamos completar a frase em negrito do modo como preferirmos, e isso vai ajudá-los a nos conhecer melhor. Vamos lá?

Fernanda: 
Sou muito preguiçosa.
Não suporto injustiça.
Eu nunca quebrei nenhuma parte do corpo.
Eu já briguei com professores muitas vezes.
Quando criança eu sempre caía quando subia nas coisas (tipo árvores, encostos de sofá, etc)
Nesse exato momento eu tô com fome e com sono, mas tenho que estudar pra apresentar um trabalho.
Eu morro de medo de aranhas. '-'
Eu sempre gostei de escrever. *-*
Se eu pudesse viveria para sempre.
Fico feliz quando me dão comida!
Se eu pudesse voltar no tempo aproveitaria mais meus 14/15 anos.
Adoro chocolate branco.
Quero muito viajar para cidadezinhas pequenas no mundo todo. *-*
Eu preciso de dinheiro. E talvez de açaí. 
Não gosto de ver gente desperdiçando água!

Mariana:
Sou muito impaciente.
Não suporto gente que não aceita a opinião alheia.
Eu nunca viajei para outro país.
Eu já briguei com meus irmãos várias vezes.
Quando criança eu era um desastre. No sentido de estar andando e, do nada, cair. 
Nesse exato momento eu queria açaí. 
Eu morro de medo de pombos e insetos.
Eu sempre gostei de ler. <3
Se eu pudesse estaria em Hogwarts nesse momento.
Fico feliz quando ganho livros ou comida. :3
Se eu pudesse voltar no tempo obrigaria uma coruja a trazer minha carta ou iria atrás de um sátiro.
Adoro ficar vendo fotos de animais fofos.
Quero muito viajar para lugares desconhecidos.
Eu preciso de uma e$tante maior para comprar os milhões de livros da minha lista. 
Não gosto de ver  gente maltratando animais.

É isso, gente. Acho que nessas tags vocês conseguem saber um pouquinho mais sobre nós. Porém, também queremos conhecer vocês. Se responderem essa tag, coloquem o link aqui nos comentários.
Ah, pra ficar realmente por dentro de tudo, não se esqueçam de seguir nossas redes sociais (aqui e aqui.), ficamos muito felizes quando vemos que vocês gostam do nosso trabalho. *-*
Beijos!

15 de novembro de 2015

Vale a pena ler: Cidade dos Ossos


Preciso muito falar do Cidade dos Ossos pra vocês. Há uns dois anos, peguei esse livro e comecei a ler. Não passei do terceiro capítulo, achei cansativo e tal. Há alguns dias, resolvi dar outra chance a ele, e realmente não entendo como não gostei na primeira vez. É incrível! Não tem nada de cansativo, ao contrário, só prende a atenção. Talvez meus gostos tenham mudado, mas agora acho difícil alguém não gostar desse livro e dessa autora. Enfim, vamos à sinopse que peguei no Skoob

Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

Para começar, a ideia é genial, com os Caçadores de Sombras, vampiros, lobisomens, magos, enfim, todo esse mundo criado por Cassandra Clare. É algo totalmente complexo que, se faltar qualquer informação, estraga a emoção. Porém, fico feliz em dizer que a autora não deixou nada sem uma explicação. Ou melhor, ela deixou, mas tenho certeza que saberemos ao longo dos outros livros. O que ela pretendia mostrar no primeiro, conseguiu.

No decorrer da leitura consegui perceber as dúvidas, as descobertas e todo esse mundo novo para Clary e para nós. É de fácil entendimento, e extremamente cativante.

Os personagens me irritaram em vários momentos, mas, como não existem pessoas perfeitas, não existem personagens de livro perfeitos. Tudo o que tenho a dizer é que queria ter pelo menos um pouquinho da coragem de Clary. Ela enfrenta coisas que você não espera que uma adolescente tenha que enfrentar.

Fiquei muito chocada quando ela descobre que... Não darei spoiler, é maldade isso. Na verdade, acontecem várias reviravoltas que, para mim, foram inesperadas.

A diagramação é boa, as letras não são nem muito grandes nem muito pequenas e a capa combina muito com a história. Passa a sensação de algo sombrio, o que, de fato, tem a ver com o livro.
Quotes:

" "Mais tarde, quando o pai o deixou, o menino chorou pelo animal, até que o pai enviou um empregado para recolher o corpo do pássaro e enterrá-lo. O menino nunca mais chorou, e nunca se esqueceu do que aprendeu: que amar é destruir, e que ser amado é ser destruído." "

"E, quando o vi caído e morto em uma piscina do próprio sangue, ali eu soube que não deixara de acreditar em Deus. Apenas deixara de acreditar que Deus se importava. Pode ser que haja um Deus, Clary, mas pode ser que não, mas acho que isso não faz diferença. Seja como for, é cada um por si."

"Dizem que os Nephilim são os filhos de homens e anjos. Toda essa herança angelical nos deu um abismo maior em que cair."


Esse livro entrou para minha lista de favoritos do Skoob, e espero que entre na sua também!
Beijos *-*

13 de novembro de 2015

Lista de desejos: Quem Disse, Berenice?



Quem me conhece sabe que eu nunca fui muito boa com maquiagem. E ainda não sou, mas estou muito disposta a aprender. Agora, vendo diversos tutoriais, descobri muitas coisas que considero essenciais para uma boa maquiagem. A Quem disse, Berenice? é uma referência em maquiagem e coisas do gênero. Assim que entrei no site, já adorei o layout e a forma jovem e informal com que ele interage com nós, consumidores. 
Já ali, quis fazer uma grande (imensa) lista de coisas que quero e preciso daquela marca. Minha vontade era colocar tudo e eu quase fiz isso, mas preferi selecionar alguns. Afinal, não posso comprar tudo infelizmente.
Mas, vamos à lista!



Maquiagem
1. Batom Mate Veludo - cor: amorando R$29,90
2. Lápis boca - cor: vinhê R$21,90
3. Batom mate Helena Morena - cor: vermescudo R$29,90
4. Primer p/ olhos 3 em 1 - cor: rosux R$31,90
5. Delineador gel R$39,90
6. Máscara alonga e define cor: pretinha R$25,90
7. Corretivo R$25,90
8. Demaquilante aquoso R$29,90
9. Primer p/ rosto antibrilho R$53,90
10. Paleta blush R$61,90
11. Caneta p/ sobrancelha R$43,90
12. Lápis duplo p/ sobrancelha - cor: begete e castanhel R$25,90



Corpo e banho
13. Creme hidratante p/ mãos existe amor na amora R$21,90 ♥
14. Loção hidratante p/ corpo existe amor na amora R$27,90 (indisponível)

Unhas
15. Esmalte - cor: todas ♥ R$5,95* (Promoção válida até 15/11)
16. Esmalte Helena Morena - cor: roselina R$11,90
17. Esmalte Helena Morena - cor: azulfira R$11,90


Acessórios
18. Apontador de lápis duplo R$15,90
19. Lixa com espelho R$9,90
20. Pincel delineador azul R$19,90
21. Limpa pincéis R$21,90
22. Esponja facial Bem Me Quer R$19,90

Então, gente, essa é minha "listinha", haha. O que acharam? Já tem algum desses produtos? Me conta aí nos comentários!
Espero ter todos eles em breve e aí conto pra vocês também.
Beijos ♥

9 de novembro de 2015

Inspiração: Nail Art

Se não me engano, já disse aqui no blog que gosto de inventar coisinhas fofas nas unhas. Agora que estou aprendendo a pintar e pronto, sem fazer uma florzinha sequer. Porém, isso não quer dizer que eu ainda não ame nail art, por isso, trouxe algumas inspirações pra vocês.
Tem algumas mais simples, mas outras são verdadeiras obras de arte, eu não conseguiria fazer nem em sonho. Coloquei para quem tem jeito pra coisa se inspirar. ^^ Mas, sem mais enrolações, vamos ao que interessa:
(Todas as fotos foram retiradas do Pinterest)

Mais delicada impossível. Ainda vou fazer isso na minha unha *-*

Técnica muito simples, mas que faz toda a diferença no resultado final.

A escolha das cores foi ótima. Deu um ar casual para as unhas.
Gente, é tão fácil de fazer. Como é que ainda não fiz? Fica lindo!

Explosão de fofura *-*

Unha muito fofa. Ótima para as amantes de gatos.


Essa é uma das que falei que são obras de arte. Mesmo com tutorial não consigo. Mas não desisto!
Gente, que coisa linda! Tons super leves, também deixam as unhas muito delicadas.
 Não sou muito fã dessas "pedrinhas", mas não tá exagerado. Achei muito bonita.
Outra nail art super linda e delicada. Adorei.
Quem não gosta dos Minions? *--*
É claro que não podia faltar uma coruja, né? Essa aqui, então... <3
Adorei a escolha das cores, dos desenhos, tudo!
Queria colocar mais fotos, mas o post ficaria grande demais. Talvez eu faça uma "parte dois" com mais obras de arte nas unhas.
O que acharam, meninas? Eu, sinceramente, não consigo escolher a mais bonita, vocês conseguem?
Beijo!

7 de novembro de 2015

DIY: Rosquinhas

Oiii gente! Faz um tempinho que não coloco receita, né? É que eu estava meio sem inspiração pra fazer, sei lá. Mas esses dias resolvi tentar fazer rosquinhas. 
Sobre a receita: é bem fácil, com poucos ingredientes e rende bastante (as minhas foram bem pequenas, mas deu cerca de 45). O único problema, para mim, é ter que fazer com a mão. Tenho nervoso de toda aquela massa grudando em tudo. Ok, talvez seja um pouco estranho, mas...
Enfim, vamos aos ingredientes:
  • 350g de leite condensado (eu usei 395g, uma caixinha)
  • 4 ovos
  • 1 colher (de chá) de essência de baunilha
  • 2 colheres (de sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • Farinha de trigo até dar o ponto 
  • Óleo para fritar as rosquinhas

Observação: Eu normalmente gosto de ter uma referência de quantidade, pois ainda sou nova no ramo da cozinha, e tenho medo de exagerar quando não indicam valor. Por isso, vou falar pra vocês mais ou menos quanto usei de trigo: 400-500g. É claro que isso pode variar, até a massa dar o ponto, mas acho que é a média.

Preparo:

1. Bata os ovos, o leite condensado, o sal e a essência de baunilha no liquidificador, até ficar homogêneo.
2. Coloque o creme numa bacia e misture o trigo e o fermento aos poucos, até desgrudar das mãos.
3. Tire pedaços da massa do tamanho que preferir (o meu foi bem pequeno) e enrole no formato de uma rosquinha.
4. Frite-os até dourar.
5. Se quiser, polvilhe com açúcar e canela, como eu fiz. Fica muito bom!






É isso,pessoal. Fica uma rosquinha leve, com a consistência como se fosse de um bolo/pão. Deu pra entender? haha Basicamente, eu quis dizer que fica fofinho.
Se fizerem a receita, me contem como ficou *-*
Beijos

5 de novembro de 2015

Vale a pena ler: A Maldição do Tigre

Foto autoral

Oi, pessoal! Quero indicar pra vocês o livro A Maldição do Tigre, da Colleen Houck. É um livro curtinho, mas com uma história capaz de nos cativar nas primeiras páginas e nos fazer querer ler o próximo. 
Sinopse do Skoob

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.
Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.
O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.


A história...

O prólogo é, a princípio, um pouco confuso, mas fica claro depois. O livro é narrado pela protagonista, a Kelsey. Para ser sincera, achei ela meio louca por sentir uma conexão com o tigre e ter uma confiança extrema com ele logo de cara, mas tem toda uma coisa divina e do destino que liga a sua história com a dos irmãos Ren e Kishan. A protagonista é a escolhida de Durga, a deusa indiana que é guerreira e que possui uma conexão com a família Rajaram.


"Se os tigres têm alma, e acredito que tenham, imagino que a dele seja triste e solitária."

"Aqueles olhos eram hipnóticos. Eles se fixaram em mim, quase como se o tigre estivesse examinando minha alma."

Kelsey percorre uma parte do caminho sem saber o real motivo, mas, quando descobre, fica disposta a fazer o que for preciso para livrar seu amado da maldição.
Eles passam por diversos desafios, visitam o templo da deusa Durga, se descobrem, enfim, é o começo de uma longa jornada.
Nesse primeiro livro eles conseguem completar uma parte da missão, mas fiquei querendo mais. Estou lendo o terceiro livro, e podem deixar que ainda vou falar dos outros aqui pra vocês.

Minha opinião...

Falando do livro como um todo, aprendemos bastante coisa sobre a mitologia indiana, suas crenças, modos de falar, vestir... É um livro com bastante aprendizado. Ah, e com um ótimo professor: o Sr. Kadam. Mas falo mais sobre ele quando escrever sobre o segundo livro.
O fim foi o que menos me agradou. Os personagens ficaram infantis, agindo como crianças para tentar enganar a si próprios de que estavam apaixonados. O problema é que, para mim, essa parte do livro ficou bem cansativa.
Porém, isso não quer dizer que eu não queira deixá-los curiosos, então...

"Durante minhas viagens e pesquisas tentando ajudar Ren e Kishan a quebrar a maldição, tive que me abrir para novas ideias e crenças que eu mesmo jamais havia considerado. Cabe ao seu coração decidir e saber o que é real e o que não é."

"Ela é sensível às emoções das pessoas e anseia por ser amada pelo que é. Tem um propósito, assim como todos os seus filhos, e devemos aprender a aceitar que todas as criaturas, por mais assustadoras que possam ser, são de origem divina."

Com exceção do que citei antes dos quotes, o livro é muito bom, dei nota 5 no Skoob, apesar de não estar na minha lista de favoritos. Ainda assim, recomendo bastante, e espero de verdade que vocês aproveitem a leitura.

Por fim, quero lembrar que hoje o blog faz 4 meses, e agradeço muito a vocês, leitores, que gostam e seguem o blog. É isso que nos motiva a continuar :3
Abraços e até a próxima! *-*

3 de novembro de 2015

Artistas fazem covers - parte 1

Eu gosto muito de covers, muitas vezes, acho que ficam até melhores que o original. Mas, uma das coisas mais legais é ver nossos artistas preferidos cantando músicas de outros artistas! Muitas vezes eu descubro um artista a partir do cover. E me apaixono por ele.
Hoje resolvi fazer uma lista sobre esses artistas que fazem covers, os melhores na minha opinião. Só que, como são muitas, vou dividir a postagem em duas - assim, fica mais fácil e menos longo!
Olha só, que incríveis:

Demi Lovato - Give Me Love (Ed Sheeran)

A Demi é minha queridinha de sempre, então ela aparecerá em quase todas haha. Esse cover é antiguinho, mas ainda é um dos melhores. 

Thirty Seconds to Mars - Stay (Rihanna)

Jared Leto lacra cantando qualquer coisa, né? O homem é bom em tudo, como pode?!

Sleeping At Last - Total Eclipse Of The Heart (Bonnie Tyler)

SaL é aquele tipo de banda (de um homem só) que poucos conhecem. Eu costumo mostrar pra todo mundo, porque acho linda a forma como ele coloca a música. Ah, e as originais são maravilhosas, da vontade de chorar. Sério.

Tiago Iorc - Morena (Los Hermanos)

Quem me conhece sabe o meu amor por Los Hermanos! Quando vi esse cover, me apaixonei pelo Iorc. Amor esse que vem até os dias de hoje.

Tiago Iorc e Clarice Falcão - Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda (Kid Abelha)

Ainda na pegada MPB maravilhosa, temos esse dueto incrível e apaixonante. Eu adoro essa música, mas nunca gostei muito de Kid Abelha. Quando vi que os dois gravaram, quase morri de amores.

John Mayer - XO (Beyonce)

Essa música já é incrível com a Bey! Mas essa voz suave e delicada do John da vontade de ouvir o dia inteiro.

Bruno Mars - Valerie (Amy Winehouse)

Esse tributo à Amy, com esse homem maravilhoso, com essa música que eu amo!!! Foi a melhor escolha pra finalizar a parte 1 com chave de ouro! haha

É isso, pessoal. Na próxima vou fazer uma seleção tão boa quanto, prometo! Aliás, se alguém quiser indicar algum cover feito por artistas famosos para o próximo post, fiquem a vontade para me mandar aqui, nos comentários.
Espero que gostem. 
Beijos ♥ 

1 de novembro de 2015

Método caseiro para cachear o cabelo

Oi, meninas! Hoje o post é curtinho, mas bem útil.
Quem já viu a tag Know Your Blogger sabe que eu gostaria de ter cabelo cacheado ou ondulado. Mas, como não tenho, tento fazer técnicas caseiras para que isso aconteça. Porém, meu cabelo é liso e pesado, e isso dificulta bastante que os cachos peguem. Quem tem ele mais leve pode precisar de outro método, etc, por isso a melhor coisa a se fazer é testar. Já fiz alguns métodos como a dos famosos rolinhos que você prende com grampos, bobes, mas não deram certo. Trouxe pra vocês o método que funcionou no meu cabelo, já que, se funcionou no meu, funciona em qualquer outro! hahaha

 Cachear/ondular o cabelo com meia-calça



Quando fiz no meu, não foi esse tutorial que segui - não estou achando, faz tempo que vi - e nele mandava dormir com a meia no cabelo. Ao acordar ele estava um "pouquinho" bagunçado. Por isso, acho a técnica do vídeo mais viável, apesar de não ter testado ainda. Fica a seu critério. 
Da primeira vez que fiz, meu cabelo ficou com cachos mesmo, mas as fotos não ficaram legais. :/ Essas aí embaixo são das ondas que consegui da segunda vez, e duraram cerca de três horas sem spray fixador, nem nada! Quase um milagre. *-*



Alguém já conhecia essa técnica? Deu certo pra vocês?
Ah, aceito sugestões para cachear o meu, tá?!
Beijos *--*
www.coisinhasaleatorias.blogspot.com.br

Tema Base por Butlariz . Edições feitas por Mariana Fialho. Tutoriais utilizados dos blogs ButLariz, Cherry Bomb, Elaine Gaspareto e Follow Your Dreams