23 de janeiro de 2017

5 blogs que você precisa conhecer


Oi, gente! Esses tempos eu tive a ideia de indicar alguns blogs pra vocês. E pra completar, o United Blogs teve como uma das propostas da blogagem coletiva desse mês indicar blogs pra vocês conhecerem.

Confesso que foi bem difícil escolher poucos, já que eu sigo e admiro tantos. Mas talvez eu faça outra lista mais pra frente. Bem, sem mais delongas, os blogs (clique no nome pra ir a cada um):

Butlariz


 Eu não podia deixar de indicar esse blog pra vocês! Foi graças ao freebie da Lariz (esse aqui) e os diversos tutoriais dela que consegui editar o layout do blog do jeitinho que a gente queria. Além disso, ela tem textos sobre transição capilar e cachos, livros, séries e coisas pessoais. Sigam, vale muito a pena!

Lizpector

Descobri esse blog há pouco tempo, mas já me apaixonei. ❤ A Liz fala mais sobre fotografia no blog, mas também há posts sobre representatividade e outras coisinhas que adoro.


Pinguim Tagarela


O primeiro post que li nesse blog foi sobre o livro Magnus Chase, do tio Rick. Me apaixonei na hora! A Diovana escreve de um jeito que prende a gente até a última palavra. Adoro as resenhas dela, mesmo! *-*

De cara com a Juh


A Juh tem um blog maravilhoso, e tá sempre ajudando a gente com os tutoriais, etc. Também amo os textos que ela escreve, vale a pena conferir cada um!


Globo literário

Descobri o blog da Isabelle há um tempão, quando a gente fez um projeto juntas onde uma escreveu no blog da outra (inclusive, o post é esse aqui). Ela tem cada coisa linda no blog, gente! Tem freebies, planners lindos e resenhas incríveis. Visitem!

... mais gente publicou a blogagem desse mês, veja:

→ Dez blogs para conhecer, acompanhar e amar! - Clara Oliveira
→ Blogs que você precisa conhecer - Fofa Porém Birrenta 
→ Blogs que você precisa conhecer - A Garota dos Teus Olhos

Por hoje é só. Me digam: que blogs vocês seguem e indicam pra todo mundo??

Beijos! :*


20 de janeiro de 2017

TAG - United Blogs


Oi, gente! Eu participo de um grupo no Facebook chamado United Blogs, que completou 1000 membros há pouco tempo. Pra comemorar, estamos respondendo essa tag. Espero que vocês gostem! 

1. Como você conheceu o United?
Entrei logo no começo (ele foi criado dia 02/05 e eu entrei dia 07 *-*) e não lembro exatamente, mas imagino que tenha sido indicação de alguém num outro grupo que eu participava. 

2. O que mais gosta no grupo?
Gosto do fato de que os membros não veem nada como competição e procuram sempre interagir e se ajudar. Ele é um dos únicos grupos que tem mais posts de interação do que divulgação. E o mais incrível é que mesmo assim a gente acaba conhecendo os blogs de todo mundo de lá. *-*

3. O principal foco do United é a interação. Você consegue entender a importância disso?
Sim!! Na verdade é por isso que ele é o meu grupo favorito. Lá eu me sinto confortável pra perguntar o que eu tiver dúvida (até mesmo coisas que nem tem relação com blogs), pois os membros se ajudam de verdade.

4. O que "blogar" significa para você?
Significa compartilhar momentos e experiências. O blog é o local onde a gente interage, e pode dividir os melhores (ou piores) momentos de nossa vida.

5. Sua relação com o blog é mais profissional ou pessoal?
Pessoal. Eu procuro me dedicar muito, mas não me imagino levando o blog como profissão.

6. Qual a sua maior dificuldade em relação a ser blogueiro (a)?
Divulgar, sem dúvida!

7. Como o grupo te ajuda ou já ajudou em relação ao blog?
Nossa, ele me ajudou em praticamente tudo! Opiniões e críticas construtivas, dicas, divulgação... Até em coisas pessoais já me ajudaram.

8. Quais as coisas boas que ter um blog te trouxe?
Me trouxe um novo olhar pras coisas. Descobri como esse universo de blogs é imenso e como é incrível conhecer e fazer parte de um pedacinho dele. 

9. O que você diria para blogueiros que estão pensando em desistir de seus blogs?
Pra pensarem muito bem antes disso e analisarem o motivo da desistência. Se for algo como um comentário negativo, não há necessidade de desistir, mesmo! Acho que os prós e contras devem ser colocados na balança na hora da decisão.

10. Quais blogs você conheceu no United e indica?
Muitos! Fica até difícil escolher... Vou citar alguns, e depois vocês podem participar do grupo pra conhecer os outros - tem muita coisa boa por lá! 💗

Cheiro de pipoca (a Vitória respondeu a tag aqui)
→ De Cara com a Juh (a Juh respondeu a tag aqui)
→ Lizpector

... Outros blogs (que eu também indico!) responderam a tag, veja:



18 de janeiro de 2017

Moana, o filme pra lá de poderoso da Disney

moana filme disney

Oi gente, tudo bem?

Em agosto de 2015, eu fiz uma postagem listando os motivos para esperar a nova animação da Disney, o Moana - Um Mar de Aventuras. De lá pra cá, muita coisa aconteceu e finalmente, saiu o filme! Eu, como boa amante da Disney, fui assistir e resolvi trazer um pouco do que achei pra cá, até mesmo para complementar o que havia dito no primeiro post sobre isso (que tá no link ali em cima, só clicar!)
Quando escrevi sobre o filme, tudo ainda era muito cru e eu não tinha muita noção da história que estava por vir (notem que lá tem muitas ideias erradas!) e aqui vou procurar me corrigir também, porque Moana vai muito além de uma princesa indo atrás de uma ilha mágica ao lado de um semideus.

Claro que isso é o básico. Moana traz pra nós uma mistura de crenças e uma história cheia de poder. Nela, nos é apresentado que muito tempo antes, uma deusa chamada Te Fiti (que também é uma ilha) deu vida a todas as outras pequenas ilhas ao redor. Até que, um dia, um semideus chamado Maui rouba seu coração para dar o poder da vida aos seres humanos e ser bem visto por eles. O que acontece é que outros também queriam o coração e, um deles, o Te Ka, acaba lutando com Maui, o fazendo perder o coração e seu anzol, fonte de seu poder. A lenda diz que as ilhas, uma após a outra, estão morrendo e isso só será corrigido quando Maui e um guerreiro escolhido atravessarem os mares e devolverem o coração de Te Fiti.
Moana cresce ouvindo essa história. E sente, em seu coração, alguma coisa a atraindo para o mar. Ela fica nesse conflito entre atender ao seu povo ou seguir seu coração e descobrir quem ela é. Seu pai a proíbe de pensar em qualquer coisa que seja perigoso, tentando sempre mostrar pra ela que o lugar dela é na ilha, cuidando de seu povo. E mesmo que sua avó a incentive a ir atrás de Maui para devolver coração de Te Fiti - pois acredita que o mar a escolheu -, ela resolve ouvir o pai e tentar se preparar para ser a chefe da ilha. Porém, quando os peixes começam a sumir e os cocos a estragar, Moana percebe que pode salvar a ilha se devolver o coração de Te Fiti.
Resumindo, com o incentivo da avó, que mantinha o coração de Te Fiti num colar, Moana foge para ir atrás de Maui e fazer com que ele a ajude a devolver o coração.

moana filme disney

Minha primeira impressão errada antes de ver o filme: o possível romance de Maui e Moana. Fiquei muito feliz em estar enganada. Eles são ótimos amigos. Começam se odiando e depois veem o quanto tem em comum e em como um precisa do outro. A Disney já vem tendo essa ideia de não romancear seus filmes, com Frozen e Valente foi a mesma coisa. Não havia mesmo uma necessidade para isso. Moana estava preocupada com seu povo e sua ilha. Não cabia um relacionamento ali. Além dela ser muito jovem e ainda nem saber quem é exatamente. Ela vai descobrindo isso ao longo do filme, percebendo sua força. Outra coisa bem legal da Disney é o fato de ela não ser uma princesa como as outras. Por ser da Polinésia, ela utiliza roupas locais, sem os vestidos bufantes e as luvas e os sapatinhos super chiques. É legal também ela ser a herdeira, a que vai cuidar do povo e colocar a mão na massa na hora de ajudar. Mostra que meninas podem e devem fazer coisas, e não apenas serem educadas e elegantes e esperar a vez delas de falar.

Acho que essa foi a maior evolução da Disney, Nós temos princesas eternas, de 50 anos atrás, cuja única função era achar o amor da vida e ficar com ele - que era quando vinham os obstáculos. As histórias, agora, estão menos egoístas, as princesas querem salvar seu povo, seu país, sua crença ou sua família. Ela não quer ser apenas bonita e casada com um príncipe encantado. Ela quer ser livre. Isso não quer dizer que as princesas antigas sejam antiquadas ou uma má influência. Porque meninas podem buscar pelo príncipe encantado, se elas quiserem. Elas podem ser e fazer o que quiserem e quanto mais propagarmos isso, melhor vão ser as pessoas daqui pra frente.

moana filme disney

Tecnicamente, o filme é lindo. As cores verde e azul são muito acentuadas, que dá uma energia boa, o azul por ser uma cor tranquila, serena e harmônica e o verde por representar esperança e liberdade. Além de serem cores muito predominantes em cenários de praia e ilha. A Moana tem traços bastante infantis, como os olhos grandes e o rosto redondo, que deixa bem claro a idade que ela tem. E as músicas... ah, as músicas! Vocês precisam ouvir, mesmo sem ter visto o filme!!

São músicas fortes e poderosas. Se não me engano, uma banda polinésia tocou no filme, e talvez isso tenha ajudado no que a música queria passar. Eu arrepiei o filme todo durante as músicas, porque além de letras lindas, elas tinham uma força que me fez acreditar no poder da cultura e de como é importante a gente saber quem é no mundo. Eu vou deixar aqui as minhas duas favoritas, mas escutem as outras. Tenho certeza que vocês vão cantar o dia inteiro (como eu).


Ficou uma resenha gigante, mas eu precisava falar sobre tudo! Minha opinião geral: eu amei o filme. Se tornou um dos meus favoritos (junto com Enrolados, hihi) e, com certeza, eu vou assistir direto. Indico sim, pra todo mundo. Pra homem, mulher, criança, não importa... a magia da Disney sempre foi fazer filmes que agradem a qualquer um, e acho que isso só tende a melhorar. Moana tem uma bela mensagem, de auto-conhecimento e amor pelas suas raízes, além de ensinamentos que temos que levar pra vida.
www.coisinhasaleatorias.blogspot.com.br

Tema Base por Butlariz . Edições feitas por Mariana Fialho. Tutoriais utilizados dos blogs ButLariz, Cherry Bomb, Elaine Gaspareto e Follow Your Dreams